DÁ PARA ACREDITAR NA METODOLOGIA HIIT?

Muitas pessoas já devem ter feito essa pergunta, uma vez que a internet está repleta de publicidade e informação (nem sempre confiável) sobre esse tipo de treinamento.

Diversos estudos sérios respondem “sim” a esse questionamento. Podemos afirmar que o treino HIIT é a melhor opção para quem quer perder peso e reduzir o percentual de gordura corporal, com a grande vantagem de obter esses benefícios gastando menos tempo.


Aeróbicos Engordam e HIIT emagrece?


Há evidências de que a prática regular de treinos aeróbicos tradicionais, com mais de 30 minutos de atividade contínua (o que não deixa de ser benéfico para o sistema cardiorrespiratório), pode acabar promovendo alterações metabólicas que levam à preservação e mesmo ao ganho de gordura corporal. É uma ideia que a princípio realmente parece absurda, a de que “exercício pode engordar”, mas que é defendida por vários especialistas no assunto.


Vantagens do HIIT


Um dos aspectos mais complicados na hora tentar emagrecer é encontrar o equilíbrio entre perder peso sem que haja diminuição da massa muscular, o que pode acontecer nos treinos aeróbicos clássicos. Nesse sentido, o HIIT proporciona “a fórmula perfeita”, já que consegue queimar até o triplo de gordura sem implicar numa perda de musculatura.

Um dos pontos chave do HIIT é que o corpo continua queimando calorias e gordura mesmo após o treino. Isto ocorre porque o organismo leva várias horas para reestabelecer seu ritmo metabólico normal após um intervalo de atividade intensa. Enquanto o metabolismo permanece acelerado, o gasto calórico persiste e o corpo utiliza os ácidos graxos como fonte de energia.

O HIIT também consegue aumentar os níveis de hormônio de crescimento durante as primeiras 24 horas após o treino. Este hormônio é responsável tanto por aumentar o gasto calórico quanto por retardar o processo de envelhecimento.

Como ocorre em outras atividades aeróbicas, o HIIT promove uma melhora da capacidade cardiorrespiratória de seus praticantes e é adequado para pessoas que sofrem de diabetes, porque ajuda a aumentar o consumo de glicose e melhora a sensibilidade à insulina.


Vale ressaltar que


Embora apresente tantos benefícios, é fundamental consultar um médico antes de começar a praticar o HIIT. O ideal é ter a supervisão de um profissional da área de educação física, mas como a possibilidade de se exercitar “por conta própria” é almejada por muitos, vale a pena se manter bem informado, recorrendo sempre a fontes confiáveis.


Facebook Comment